AFACEESP - Associação dos funcionários aposentados e pensionistas do Banco Nossa Caixa

(11) 94721-0605

|

08000-175-007

|
Menu

Área Restrita do Associado

Área Restrita do Conveniado

Associe-se

Plano de saúde Cassi,  o Feas do Economus e a Ação Civil Pública do MPT de Brasília
Fique por dentro

Notícias

Plano de saúde Cassi,  o Feas do Economus e a Ação Civil Pública do MPT de Brasília
02 de dezembro de 2018
Atualizado: 02/12/2018

Plano de saúde Cassi, o Feas do Economus e a Ação Civil Pública do MPT de Brasília

Decisões favoráveis em primeira e segunda Instância
(TRT-Brasília).

Aguarda-se manifestação do Tribunal Superior do Trabalho.

Após trânsito em julgado, os funcionários egressos do Banco
Nossa Caixa poderão optar pelo regulamento do Plano Cassi Associados.

Esse plano tem o Banco do Brasil como parceiro expressamente
garantidor na ordem de 60% do custo do plano.

Essa ação coletiva é conduzida pelo Ministério Público do
Trabalho de Brasília. Conforme noticiado em oportunidades anteriores, a
Afaceesp participou ativamente durante o julgamento em primeira Instância,
fornecendo subsídios sobre o assunto.


Banco do Brasil não
cumpriu a lei da incorporação –  
os empregados ativos que optaram pelo regulamento de pessoal tinham
o direito de escolher migração para a Cassi. No entanto, foram impedidos.


E daí, o que tem a ver
com o Feas? –  
nos planos
de aposentados dos grupos B e C, administrados pelo Economus, o Banco do Brasil
julga não ter responsabilidade alguma. Por isso as ações judiciais sobre o
assunto.

Acontece que lá, na Cassi, o Banco é contribuinte expresso.
Não permitindo a inscrição dos empregados egressos dos bancos incorporados,
economiza às custas dos recursos existentes no fundo Feas.


Como ficará quando a
ação do Ministério Público de Brasília tiver efeito prático (transitada em
julgado)?
 –  problema
 a ser enfrentado, pois muitos que teriam
direito de optar pelo plano Associado da Cassi já estarão aposentados e terão
pago custeio maior (lembrar que o atual custeio do plano Novo Feas é
insuficiente há muito tempo, por erro na implantação e haverá de passar por majoração, já é de conhecimento público).


Reivindicar indenização
do Banco do Brasil é o caminho
 – não só em relação a este caso como também em relação às
condenações solidárias em ações judiciais para as quais não está havendo a efetiva
participação financeira do banco (este assunto será abordado em publicação
específica).


Com a palavra, os
Conselheiros eleitos como representantes dos participantes do Economus
 –  a questão envolvendo assistência
médica dos aposentados dos grupos B e C, por meio dos planos Feas, é de
conhecimento pleno dos conselheiros Américo Cosentino, José Carlos de Oliveira,
Max Freddy, Edgar Candido e Paulo Julião.

Últimas Notícias

24 de agosto de 2022

Atualizado: 24/08/2022

Programa de Hospedagem tem calendário de eventos

Publicação permanente para divulgar eventos especiais nas regiões dos hotéis conveniados Os associados da Afaceesp têm mais uma opção para avaliar as atrações dos locais onde estão situados os hotéis

01 de dezembro de 2022

Atualizado: 01/12/2022

O verão está chegando!

Associados têm direito ao subsídio do Programa de Hospedagem da Afaceesp, além dos descontos oferecidos pelos próprios hotéis conveniados! Confira os destinos:

09 de novembro de 2022

Atualizado: 09/11/2022

Cassi para os egressos da Nossa Caixa

Comunicado do Escritório Innocenti esclarece atuação junto ao Ministério Público do Trabalho de Brasília.

28 de outubro de 2022

Atualizado: 28/10/2022

Comunicado Afaceesp

Aos egressos do Banco Nossa Caixa que se aposentaram no Banco do Brasil ou ainda estão em atividade no Banco – Ação Civil Pública do Ministério Público do Trabalho de Brasília ajuizada em 2012 (opção pelo plano de saúde da Cassi)