AFACEESP - Associação dos funcionários aposentados e pensionistas do Banco Nossa Caixa

(11) 94721-0605

|

08000-175-007

|
Menu

Área Restrita do Associado

Área Restrita do Conveniado

Associe-se

Comunicado nº 01 da Afaceesp sobre alterações nos planos de saúde Economus para aposentados dos grupos B e C (Feas)
Fique por dentro

Notícias

Comunicado nº 01 da Afaceesp sobre alterações nos planos de saúde Economus para aposentados dos grupos B e C (Feas)
23 de novembro de 2020
Última atualização: 13 de setembro de 2021

Comunicado nº 01 da Afaceesp sobre alterações nos planos de saúde Economus para aposentados dos grupos B e C (Feas)

Inconcebível e cruel – Enquanto os aposentados de origem do Banco do Brasil comprometem no máximo 7,5% da renda, os oriundos do incorporado Banco Nossa Caixa poderão pagar até 65%.

Afaceesp recomenda não abandonar o plano em que o participante estiver inscrito.

Novo plano objetiva descaracterizar responsabilidades do Banco do Brasil.

 As informações do presente têm como fonte dados extraídos do Comunicado feito pelos conselheiros eleitos às entidades representativas, complementadas pela apresentação da Diretoria do Economus em reunião com representantes da Afaceesp do dia 20 de novembro.

As alterações consistem em aumento nas contribuições mensais para os atuais planos Novo Feas, Pamc Feas e Básico Feas e a introdução de um novo plano denominado Economus Futuro, com possibilidade de reajustes trimestrais.

Posição da Afaceesp – A introdução de um novo plano, totalmente desvinculado do Feas, a pretexto do esgotamento do referido fundo, tem por objetivo descaracterizar a responsabilidade sucessória do Banco do Brasil em relação à implantação do Fundo Feas em 1989, conforme bem salientado pelos conselheiros eleitos nas suas fundamentações para a recusa na aprovação das alterações propostas no Conselho Deliberativo do Economus.

As contribuições previstas para as alterações propostas são incoerentes: o custo do novo plano proposto alijará a maioria dos participantes de menor poder aquisitivo em razão do comprometimento da renda, ao mesmo tempo em que parecerá mais vantajoso, ao menos inicialmente, para os de maior poder aquisitivo. Reajustes serão trimestrais.

Por outro lado, os reajustes dos percentuais para os atuais planos Novo Feas e Pamc/Básico Feas, com a retirada do teto de contribuição, alijará os participantes de maior poder aquisitivo. Certamente aumentará ainda mais a fragmentação dos planos administrados pelo Economus.

Recomendação da Afaceesp para o momento – Aguardar a oficialização das medidas, inclusive divulgação do regulamento do novo plano.

Havendo possibilidade conforme a situação orçamentária de cada um, não migrar para o novo plano, uma vez que é nítida a intenção de desvincular o Banco do Brasil da sua responsabilidade sucessória em relação ao fundo Feas.

Também, não abandonar o plano em que estiver inscrito, para evitar futuramente prejuízo numa eventual reivindicação judicial.

Na sequência, conheça as principais alterações sobre as contribuições mensais

Últimas Notícias

20 de junho de 2022

Última atualização: 21 de junho de 2022

A importância de estar associado

Somente os associados podem usufruir dos serviços oferecidos pela Afaceesp. No caso de representação em ações judiciais coletivas, tem de estar associado quando o processo for distribuído; vale esclarecer, não

02 de junho de 2022

Última atualização: 14 de julho de 2022

Planos FEAS – Associados podem protestar junto à ANS

Afaceesp colocou à disposição possibilidade de registrar protesto

02 de maio de 2022

Última atualização: 30 de junho de 2022

Economus – RAI de 2021 – Conselho Fiscal reprova Balanço da saúde

Auditoria Externa indica que medidas tomadas pela Diretoria poderão ser insuficientes