7 AGO2019
Voltar

Aumento do FEAS foi decidido somente pelo BB

A decisão foi tomada com a utilização do voto de qualidade (voto de minerva) do presidente do Conselho Deliberativo, indicado pelo patrocinador Banco do Brasil.

Os Conselheiros eleitos (Américo Cosentino, Max Freddy Frauendorf, José Carlos de Oliveira) não concordam com a implantação de nenhuma medida estruturante antes da conclusão da auditoria independente que foi aprovado para apurar responsabilidades pela degradação das reservas do fundo FEAS. 
A decisão foi tomada com a utilização do voto de qualidade (voto de minerva) do presidente do Conselho Deliberativo, indicado pelo patrocinador Banco do Brasil. 
A notícia sobre o reajuste em pauta foi divulgada no site do Economus:https://www.economus.com.br/acoes-estruturantes-do-feas-re?/

Fonte afaceesp