12 DEZ2017
Voltar

Déficit grupo C repercute na Câmara dos Deputados

deputado cobra responsabilidade da Previc

Em pronunciamento na Câmara dos Deputados no dia 11 de dezembro, o deputado Arnaldo Fária de Sá afirmou  ser incompreensível que sob os olhos permanentes da fiscalização e das normas que recomendam prudência e conservadorismo nas questões de previdência complementar, a situação tenha chegado ao ponto de provocar a angústia e desesperança em milhares de aposentados da querida e saudosa Nossa Caixa

O deputado lembrou alerta já feito por ele sobre a situação deficitária do plano do regulamento geral do Economus, que se agravou consideravelmente sob a administração do patrocinador Banco do Brasil, a ponto de despertar a atenção da imprensa.

Salientou que por conta de os administradores não atualizar estatísticas  que projetam as necessidades de ajustes no plano, os aposentados poderão sofrer descontos superiores a 25% dos seus benefícios de maneira concentrada.

Reiterou a importância de a Previc atender ao pedido da Afaceesp para investigar especificamente a situação, entendendo ser incompreensível em face da legislação e regulamentação de previdência complementar que impõem observância dos princípios básicos de prudência e conservadorismo, que devem levar em conta as características do plano e da massa de beneficiários.

Leia o pronunciamento na íntegra, baixando ao arquivo anexo.

Clique aqui para baixar o arquivo anexo

ÁREA RESTRITA PARA ASSOCIADOS

Esqueci minha
senha
Entrar Associe-se